Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (88) 36191713

Encontre o que deseja

NO AR

Manhã Total

    Ceara

11 municípios cearenses têm recuperação de 100% dos pacientes com coronavírus

Publicada em 11/05/20 as 12:35h por Forquilha FM - 132 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
11 cidades do Ceará tiveram todos os pacientes recuperados do coronavírus; em Fortaleza o índice é de 49%  (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
A pandemia do novo coronavírus já atingiu quase 17 mil pessoas e levou mais de 1.100 à morte somente no Ceará. Todavia, em algumas cidades o cenário têm sido muito diferente da média do Estado: 11 municípios registraram a recuperação de todos os pacientes diagnosticados com a Covid-19, segundo dados retirados da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), na noite deste domingo, 10. Fortaleza tem quase metade dos pacientes já curados. Vale lembrar que há a subnotificação, já que a quantidade de testes são limitados.

Em Antonina do Norte (1 caso), Araripe (1 caso), Assaré (1 caso), Catunda (1 caso), Chaval (1 caso), Jardim (1 caso), Porteiras (1 caso), Quixelô (2 casos), Pereiro (4 casos) e Nova Olinda (7 casos), todos os registros confirmados de contaminação por coronavírus resultaram na cura dos pacientes. Exceto por Antonina do Norte, todas as cidades ainda possuem casos sob investigação, aguardando resultados de exames, mas no momento não há registro de pessoas com confirmação do coronavírus nestes municípios.

Em outras 16 cidades, o índice de cura já supera 70% dos casos contabilizados. São elas: Barbalha (8 casos, 7 recuperações, 87,5%), Meruoca (8 casos, 7 recuperações, 87,5%), Guaraciaba do Norte (6 casos, 5 recuperações, 83,3%), Arneiroz (15 casos, 12 recuperações, 80%), Pentecoste (14 casos, 11 recuperações, 78,6%), Limoeiro do Norte (36 casos, 28 recuperações, 77,8%), Solonópole (9 casos, 7 recuperações, 77,8%), Crateús (30 casos, 23 recuperações, 76,7%), Frecheirinha (8 casos, 6 recuperações, 75%), Independência (4 casos, 3 recuperações, 75%), Jaguaruana (8 casos, 6 recuperações, 75%), Marco (4 casos, 3 recuperações, 75%), Potiretama (4 casos, 3 recuperações, 75%), Senador Pompeu (8 casos, 6 recuperações, 75%), Alcântaras (14 casos, 10 recuperações, 71,4%) e Barroquinha (7 casos, 5 recuperações, 71,4%).

Taxa de óbitos
Em uma situação aparentemente contraditória, alguns destes municípios apresentam também alta taxa de mortes pela doença: Independência (1 óbito, 25% de letalidade), Pentecoste (2 óbitos, 14,3% de letalidade), Jaguaruana (1 óbito, 12,5% de letalidade), Solonópole (1 óbito, 11,1% de letalidade) e Alcântaras (1 óbito, 7,14% de letalidade). Todas estão entre as 60 cidades com maior taxa de mortes, e acima da média estadual, de 6,7%.

Isso é explicado pela pouca quantidade de casos em cada município: em Independência, por exemplo, três pacientes se recuperaram e um morreu. Tanto a taxa de recuperação (75%) quanto a de mortes (25%) é alta pois, em cidades com poucas confirmações da doença, cada óbito ou cura tem peso muito alto nos percentuais.

Subnotificação
Outra questão importante é a subnotificação. De acordo com estudo realizado em abril, o País havia testado apenas 296 pessoas por milhão de habitantes, número extremamente pequeno. No Ceará, até o momento, a taxa é de 4.800 exames por milhão de habitantes, segundo dados da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Até o final de abril, o índice era o segundo maior em todo o País, atrás apenas de São Paulo.

Embora muito acima da taxa nacional, o número ainda é inferior ao de países como a Alemanha, com quase 16 mil testes realizados por milhão de habitantes, e a Coreia do Sul, com 12,7 mil testes por milhão de habitantes.

A baixa disponibilidade de exames e as dificuldades de atendimento em unidades de saúde dificultam na compreensão do alcance da doença. As orientações oficiais, dos governos federal, estadual e municipal, são para que pessoas com sintomas leves permaneçam em casa, mas mesmo indivíduos com falta de ar e dores no pulmão por vezes não conseguem ser atendidos ou realizar exames.

Coronavírus em Fortaleza
Em Fortaleza, tanto a taxa de recuperação quanto a de letalidade estão acima da média estadual. A cidade acumulava, até a noite deste domingo, 10, 11.556 casos totais de contaminação por coronavírus. Destes, 5,667 pacientes se recuperaram da Covid-19, 49% do total, enquanto no Ceará o índice é de 47,6%. Outras 840 pessoas morreram devido à doença, um índice de 7,3%, contra 6,7% da quantidade de óbitos no Estado.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nossos Parceiros

 
 
 
 

Nosso Whatsapp

 (88) 36191713

Visitas: 41009 |  Usuários Online: 160

Copyright(c) 1997 - 2020 | Rádio Forquilha FM 98,7 MHz - Essa é a sua Rádio | Rua: São Francisco, S/N, Centro, Forquilha - CE - Todos os direitos reservados